Avaliação

Procedimentos

Acompanhamento

Resultados

Gisleine Anne Fiorini
Advogada
28 anos

"Em junho de 96 meus cabelos começaram a cair demasiadamente, formando falhas redondas no couro cabeludo. Em dezembro do mesmo ano, já estava totalmente careca.
Fui a muitos médicos, em Campo Belo (minha cidade) e Belo Horizonte.
Começaram diagnosticando o caso como emocional e me receitaram tranqüilizantes. Não adiantou. Fiz tratamento psicológico, utilizei vários antidepressivos, corticóides e muitos outros remédios. Nada resolvia.
Minha família sofria comigo, minha mãe, vendo meu sofrimento, raspou a cabeça para ficar parecida comigo. Eu já tinha perdido toda a auto-estima. Saí do emprego e chorava muito. Até que diagnosticaram o meu caso como "Alopecia Areata". O mais triste era ouvir o médico dizer que não havia cura...
Fiquei deprimida e cheguei a adquirir uma doença psicossomática chamada "Síndrome do Cólon Irritável". Engordei 17 quilos, sem contar os inúmeros efeitos colaterais dos medicamentos.
Orei muito, pedindo misericórdia Deus. Foi quando conheci a D. Ruth, que desenvolveu um produto a base de plantas medicinais, o qual faz nascer os cabelos. Comecei uma nova etapa na minha vida. Com apenas um mês, apareceram as primeiras mechas e hoje, com 7 meses de tratamento, estou com 85% dos cabelos de volta. Continuo o tratamento e estou muito feliz, não tomo nenhuma química e estou curada da depressão."

Resultados:

Antes

 

Depois

Matheus Felipe Serra
Estudante
14 anos

"Eu sempre tive problema de cabelo. Desde 2 anos de idade, minha mãe já procurava algum tratamento pro meu cabelo crescer que nem o dos outros meninos. Eu sempre achei muito estranho os meus colegas terem cabelo e deixarem crescer e eu nunca podia fazer isso. Ficava muito chateado porque eu fui a muitos médicos e ninguém sabia resolver meu caso. Daí minha mãe resolveu ir na televisão contar a minha história. A gente foi, ela levou todos os exames e as receitas dos tratamentos que nunca davam certo. Durante o programa, o pessoal do Bulbo Raiz ligou e nos convidou para conhecermos o tratamento. Eu fui lá muito triste e cansado de tentar e não conseguir nada. Até minha mãe e meu tio estavam meio desconfiados que não ia dar certo... Só quando a gente viu que o negócio era sério, que realmente tinha um procedimento todo especial, com um tanto de aparelhos e produtos específicos é que fui acreditar. Comecei o tratamento e, numas 3 ou 4 semanas, já dava pra ver cabelo nascendo. Teve até festa lá em casa.... Hoje meu tratamento já está bem adiantado e eu não preciso mais ficar com vergonha e usar boné o tempo inteiro".

Resultados:

Antes

 

Depois

Jairo Camargos
Porteiro
55 anos

"Com 49 anos, meu cabelo começou a enfraquecer e cair. No começo eu não dei muita atenção ao problema, porque não acreditava que chegaria ao ponto em que chegou. Eu também estava muito desanimado, porque gastei muito dinheiro comprando produtos que pareciam milagrosos na televisão. Nada deu certo. Acabei foi ficando muito triste e, quando a situação piorou, eu procurei saí a procura de novos tratamentos. Foi aí que conheci o Bulbo Raiz. Na verdade, eu nem coloquei muita fé, mas, quando comecei a ver resultado de verdade em um mês, eu até assustei. Animei e continuei o tratamento. Em seis meses, aquela calvície avançada sumiu e meu cabelo hoje tem volume e é muito forte. Aprendi que a gente tem que ter paciência e fé para as coisas darem certo... Gostei tanto do Bulbo Raiz que já trouxe outros colegas para tratar a calvície também."

Resultados:

Antes

 

Depois

Scarlett Ohara Lima
Estudante
12 anos

"Meu cabelo começou a cair com 6 anos e um tempo depois eu fiquei totalmente careca, com calvície. Minha mãe me levou em vários médicos e eu tive que tomar um monte de remédios. Por causa disso, fiquei muito gorda e o pior: nada de crescer cabelo... Eu ficava muito chateada porque todo mundo ficava me olhando na rua... Ano passado, minha mãe encontrou, quase sem querer, o tratamento do Bulbo Raiz. A gente foi à clínica toda semana e nada do cabelo crescer... Tinha que ter paciência, né? Depois de 5 meses sem parar é que começou a nascer uns fiozinhos. Fiquei muito feliz. A partir daí, não parou mais de crescer e ta quase cobrindo toda a cabeça. Os técnicos dizem que com mais um mês eu já to com todo o cabelo! O melhor de tudo é que, depois que parei de tomar aqueles remédios, consegui emagrecer muito e agora posso viver minha vida normal, sem ter vergonha da minha cara e do meu corpo. Tô muito feliz mesmo!"

Resultados:

Antes

 

Depois